Pensa Pixel

Subversão “photoshopiana”

Em que estágio do mundo eu parei? Estou em dúvida até hoje. Digo isso porque ultimamente tenho visto um excessivo uso de ferramentas de edição em fotografias por aí. E antes de continuar, apenas afirmo que nada tenho contra o uso dessa esplendorosa ferramenta. Eu mesmo, sempre que preciso, lanço mão disso tudo para melhorar minhas imagens. Porém acredito que a minha birra está justamente nesse ponto: utilizo essa ferramenta unicamente para melhorar aquilo que já está de bom tamanho. ¶

Tenho a impressão que não mais temos fotografia, porém apenas ilustrações realistas. Onde todos os traços são delineados com perfeição sem a menor preocupação com a realidade.  Não vejo com bons olhos os excessos que são feitos com o HDR, que por sinal é uma poderosa ferramenta,  criando-se, assim, uma hiper-realidade que só é mesmo possível, acredito, quando se desenha. É certo que não é preciso seguir à risca a realidade como ponto de referência para produzir seu próprio conteúdo fotográfico, mas já partir para o exagero é fazer com que imaginemos que está querendo esconder alguma coisa. Uma má composição pode muito bem ser mascarada com a utilização de cores extravagantes, mas acredito que será apenas por algum breve momento, porque tudo que é demais cansa, e então os defeitos aparecem. E o mesmo digo sobre o que acontece com a maioria das revistas de beleza e moda, vendendo-nos uma hiper-realidade que nunca poderemos alcançar. Mas de certo também somos culpados, já que, mesmo com toda tensão causada por esse tipo de comportamento, nada fazemos para reverter esse quadro. Apenas ficamos sentados olhando as coisas supostamente mudando, e tentando mudar junto sem nenhum um senso de racionalidade nos acompanhando.¶

Talvez seja possível que a criação de um padrão de beleza tenha saído do controle, e agora ninguém mais sabe o que é belo. Porque não está havendo, um resquício sequer, da pluralidade para termos distinções. Fico com a imagem de como se eu estivesse num supermercado onde existissem diversos produtos, todos numa mesma embalagem. Como eu saberia diferenciar o que é bom do ruim?¶

Muito têm acrescido a esse cenário toda a falta de apuro técnico e sensibilidade por parte do que estão na função. Um amadorismo em favor (!) do profissionalismo. E não só apenas daqueles que estão por de trás de uma câmera ou mesmo de uma tela, por exemplo.  Talvez, quem sabe, não há como negar que esse acesso facilitado a ferramentas digitais (aqui se encaixam tanto DSLR quanto softwares e computadores) tenha feito com que muitos o façam, porém sem saber como se faz realmente.  É a quantidade falando mais alto que a qualidade. Pudera existir um pacote que comprássemos contendo como usar a quantidade de maneira qualitativa. E que viesse junto um pequeno programa de aviso para quem usa programas de edição, que mostrasse quando os mecanismos estivessem sendo utilizada de maneira subversiva. ¶

Não que todo esse acesso seja de todo negativo, pois foi facilitado para que muitos com talento pudessem produzir com qualidade, sendo assim, revelando muito mais nomes do que antigamente.  Ë gratificante e de grande alívio saber que esse tipo de birra não é unicamente minha e que algo já é feito para mudar esse estado crítico. Ou pelo menos a pílula vermelha da consciência já foi tomada. Mas é mais ou menos como li num site que lidava justamente com um tema parecido, e num ponto o autor citou: “se você está pregando um prego e acerta o teu dedo, então o erro foi do martelo ou seu?”.¶

Atualização:

Alguns textos (em inglês) que caminham pelo mesmo caminho. E fica uma dica: não se limitem ao texto principal ao lerem tais artigos.¶

  1. Photoshop Excess
  2. Stop this “Fix it in Photoshop” nonsense
  3. Photography vs Photoshop
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s