O que precisa saber para vender suas fotos

por ShironekoEuro

A diferença entre um profissional que vive de fotografia e um entusiasta em busca de sua primeira venda nem sempre é o talento. Não há falta de fotógrafos medianos fazendo uso de suas câmeras para pagar o aluguel assim como também não faltam amantes de fotografias com um bom olho e um portfólio com fotos valiosas, porém não vendidas. A grande diferença entre uma receita advinda de fotografia e apenas a vontade de boas imagens recai sobre alguns conhecimentos importantes.

A primeira parte do conhecimento é a mais difícil de adquirir. Profissionais sabem como precificar suas imagens. Entendem o preço de mercado para o tipo de imagens que produzem e qual a parcela do mercado está se esforçando para pagar por elas. Isso é algo que todo profissional se esforça para fazer quando lança seu negócio e o cálculo disso é ainda mais difícil para um entusiasta fazer.

Para os profissionais, o preço de seu trabalho está fundamentado no custo de seu equipamento e na necessidade de pagar as despesas: se o que ganha em sua venda não é o suficiente para cobrir o aluguel, então provavelmente procurarão por uma nova profissão. Os não-profissionais, de qualquer forma, que enxerga a venda como um bônus, geralmente não tem noção do preço de mercado e se esforçam para diminuir o valor para fechar uma venda. E claro que esses entusiastas tem o apoio dos compradores para fazer tal coisa.

Seu primeiro erro

Talvez isso resulte na primeira venda do entusiasta, mas também em seu primeiro erro. Quando Brandy, um fotógrafo de Spokane, Washington, vendeu sua primeira foto emoldurada, ela não tinha idéia de quanto cobrar, então pediu apenas $50, o que parecia correto. Mas quando lidou com os custos de postagem, moldura, impressão e acabamento descobriu que o que ganhou foi exatamente o que gastou para produzir.

Existem algumas soluções para o desafio em obter o preço certo – e freqüentemente até mesmo profissionais erram, e geralmente ocorre quando o preço de fotógrafos medianos reflete a auto-avaliação de seu talento – e a boa notícia é que isso pode ser aprendido e corrigido. Começa fazendo uma pesquisa sobre o preço de fotógrafos de sua região estão cobrando, e mantendo em mente o comprador e sua habilidade de pagar. Lembre-se que um dado sobre preços que geralmente é negligenciado por profissionais é que compradores que procuram por entusiastas muitas vezes não tem em seu orçamento valores para pagar um profissional. Esforçam-se para lidar com as dificuldades de lidar com um amador em busca de um valor baixo. Mas talvez cobrar o que os outros estão cobrando pode valer o negócio.

Conseguir valores para fazer comparações é relativamente fácil. Saber onde encontrar os compradores – e conseguir sua atenção – é muito mais difícil. Isso não é algo que você conseguirá apenas ao olhar o trabalho de outros fotógrafos. É um conhecimento especializado que precisa ser aprendido e arranc

ado de fotógrafos mais experientes. Navegar pelo Flickr, por exemplo, irá mostrar o valor de colocar na descrição da imagem links que indiquem onde a foto pode ser encontrada pode compradores que procuram por fotos diferentes. Mas é preciso primeiro ter consciência de que os compradores estão navegando pelo Flickr. Também tem que saber como usar as estatísticas do site para avaliar os fluxos de tráfico, o que leva a aparecer na página Explore, e o valor de uma rede de comunicação para construir uma audiência.

Similarmente, enquanto qualquer pessoa pode colocar fotos em banco de imagens, é o fotógrafo experiente e bem sucedido desse tipo de site que sabe quais imagens vendem melhor, como criá-las, e quantas imagens produzir e colocar no site a cada semana para manter um fluxo de ganho constante.

Ainda mais importante, esses fotógrafos estão atentos ao que os compradores querem.

Saiba o que eles querem

Esse é o principal conhecimento que um vendedor de fotografia precisa – o que geralmente entusiastas não possuem. Vai além de produzir boas imagens – existem milhões de belas fotos na internet que nunca sequer receberam uma oferta – e que compradores não estão interessados em adquirir uma fotografia simplesmente pelo seu efeito estético. Eles querem usar a imagem, talvez para ilustrar algum artigo de blog, ou um anúncio, ou na capa de um livro. Mesmo que seja para pendurar a foto em alguma parede, tem de estar compatível com o design do quarto e com o gosto do comprador. Beleza apenas não vende.

Por terem esse conhecimento é que os fotógrafos que contribuem com banco de imagens Andres Rodriguez e Lise Gagné (iStockPhoto) obtiveram sucesso. Ambos começaram suas carreiras não como fotógrafos mas como designers gráficos – o tipo de pessoa que geralmente compra mais imagens e entendem o que os compradores querem.

Fotografar para você mesmo é diferente de fazer o mesmo por dinheiro, e o fotógrafo é quem sabe as essas diferenças para fazer vendas e continuar a vender.

E sabe outras duas coisas que são difíceis lições para um fotógrafo entusiasta absorver.

Sabem que criar os tipos de fotografia e colocá-las em frente a compradores que se esforçam para pagar o que vale leva tempo. Você pode criar um portfólio em algum banco de imagem hoje, mas levará um tempo até que crie os tipos de imagens que vendem, e criar um portfólio grande o suficiente para trazer muito mais compradores. É preciso paciência para construir uma página no Flickr que atraia a atenção de compradores (talvez até mesmo do Getty), e para a otimização em mecanismos de busca. Isso requer tanto paciência de trabalho e o seu esforço para lidar com os erros.

Mas vendas também requerem ações. Conhecimento a respeito de como vender imagens só são úteis quando aplicadas. Não basta saber que o negócio vende bem em bancos de imagem, por exemplo, o que é uma boa idéia deixar espaço para texto em imagens direcionadas a designers. Você tem que fotografar, editar e fazer o upload dessas imagens também.

A coisa mais importante que fotógrafos profissionais tem é saber que vendas não aparecem – você tem que ir atrás.

Original por Photopreneur
Traduzido por Goldemberg Fonseca
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s